Parece simples, mas a esperança é o ingrediente número um que possibilita à pessoa nocauteada por algum acontecimento traiçoeiro retornar à condição de voltar ao seu estado normal de vida: ¨Alegrai-vos na esperança¨. Quer dizer, ela seria como um choque elétrico emitido por um desfibrilador em alguém que sofreu parada cardíaca.

Neste caso, a esperança é a carga elétrica que reativa o processo de respiração do paciente. Se não fosse a esperança, Jó, que viveu, aproximadamente, 2000 anos aC., jamais conseguiria dar a volta por cima, quando, em pouco tempo, perdeu todos os seus bens (casa, fazenda, gado), e, inclusive, a própria família, Jó 1-1-15.

No entanto, diante de todas as catástrofes ambientais, materiais e espirituais, ainda teve força para exclamar: ¨Porque eu sei que o meu redentor vive e que por fim se levantará sobre a terra¨, Jó 19: 25. Ao final, Jó recebeu em dobro tudo o que havia perdido, 42: 10-17. Alegrar-se na esperança é ter a certeza de que a luta e o fracasso não são o fim, mas o começo de uma nova etapa.

Certa feita, perguntaram a Henry Ford: o que é um fracasso? Com voz lúcida e segura, respondeu: “um fracasso é apenas a ocasião de começar uma nova tentativa com mais sabedoria”. Qualquer pessoa está sujeita a algum tipo de insucesso na vida, porque não raro as coisas acontecem ou são como não se imagina.

É nessa hora que a graça ou a bênção da resiliência se manifesta pela força dos olhos da esperança, afirmando que dias melhores virão e que o sinal verde vai aparecer no fim do túnel. Com Jesus, não há dúvidas de que somos mais do que vencedores (resilientes), porque o justo, ainda morrendo, tem esperança, Pv 14: 32 e Rm 8: 37.

Texto de Emersom G Dutra

E nossa maior esperança é a vida eterna, sem o Senhor nada somos!

Postado por Renata Castanheira

Gostou? Compartilha com as amigas!
por //

2 comments on “Alegria na Esperança…”

  1. Nossa precisava mesmo dessas palavras abençoadas!
    Que Deus a abençõe muito querida Renata.
    E que continuamos recebendo sempre esse seu carinho,
    tanto falando do que tanto amamos que é como nos vestirmos bem,
    ou com palavras amáveis!

    Um grande abraço…..Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *