alianças de namoro

Utilizar alianças de namoro como sinal de união é uma tradição muito antiga. Não é a toa que elas se tornaram o símbolo universal do matrimônio. Representam uma lembrança constante de um compromisso feito por duas pessoas que se amam e querer construir um futuro juntas.

Além de seu importante significado, as alianças são joias utilizadas todos os dias, em quase todos os momentos da nossa vida. Por isso, é importante escolher aquele par de alianças que combine com o casal e que tenha um bom material.

COMO ESCOLHER ALIANÇAS DE NAMORO?

1. Largura das alianças
Encontre uma largura que agrade a ambos. Isso facilita muito o início da escolha da joia, já que a largura é um fator determinante no visual das alianças. É importante ressaltar que quanto mais larga a aliança, mais ouro é necessário para confeccionar. Ou seja, o valor da joia será maior!

Alianças discretas: de 2mm a 4.5mm
Alianças intermediárias: de 5mm a 6.5mm
Alianças largas: de 7mm a 9mm

2. Formato externo
A pergunta que não pode faltar: o casal tem um estilo mais tradicional ou moderno? Normalmente, casais que gostam do clássico optam por modelos de alianças com exterior arredondado; enquanto que aqueles que preferem algo mais contemporâneo, costumam escolher por alianças com exterior reto.

3. Orçamento
O primeiro passo é avaliar o quanto desejam gastar com as alianças e se está compatível com o preço médio dos modelos que gostaram. Não é possível, por exemplo, optar por uma aliança larga e cheia de diamantes caso o orçamento esteja muito apertado. Isso pode frustrar suas expectativas!

Outra dica importante é que sejam flexíveis em relação ao orçamento. Se o modelo que gostaram está um pouco acima do que pretendiam gastar, leve em consideração o custo benefício da joia: as alianças serão utilizadas por muitos e muitos anos. As vezes vale a pena gastar um pouco a mais!

4. Espessura das alianças
Para que um anel possa ser produzido, três medidas devem ser levadas em conta: largura, espessura e diâmetro interno. Essas medidas, além de servirem de parâmetro para o trabalho dos profissionais, também influenciam diretamente no custo da aliança.

O diâmetro interno nada mais é do que a medida do seu dedo. A largura é a parte mais visível da aliança. Essa característica é umas das mais relevantes no aspecto estético da joia: quanto mais larga, mais aparentes serão as alianças.

Já a espessura, também conhecida como “altura da aliança”, fica escondidinha na lateral da joia. Essa medida está diretamente associada a quantidade de material utilizada na joia.

5. Acabamento
Existem algumas opções de acabamento de alianças, os mais famosos são o polido e o fosco.

As alianças polidas são as mais escolhidas. Elas ficam brilhantes e espelhadas, refletindo o que está em volta. Uma das vantagens do modelo polido é que os riscos (que aparecem com o uso constante da aliança) costumam aparecer menos.

As alianças foscas, ficam mais opacas, por isso, são consideradas mais discretas. Com o tempo, o acabamento fosco vai saindo e a aliança naturalmente começa a ficar mais brilhante.

Escolha uma empresa confiável!

Sabemos que na internet existem milhares de sites para comprar alianças. Porém, é necessário conhecer a loja e pesquisar as opiniões dos clientes que compraram. Pensando nisso, foi que conheci a Lojas Rubi, especialista em alianças de qualidade. A Rubi vende alianças de namoro, noivado e casamento e também joias variadas, como anéis, colares e até relógios.

Aproveita e compartilha o post com o seu boy, quem sabe você ganha uma aliança, hein?

Até o próximo post,

Renata Castanheira.

Gostou? Compartilha com as amigas!
por //

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *