depilação a laserQuem não quer ter uma pele macia e lisa sem precisar dedicar horas para isso? Uma das soluções que se apresentam para resolver impasses como esses é a depilação a laser, um procedimento que cada vez mais vem ganhando a atenção por parte do público.

Mulheres e homens podem recorrer à depilação a laser como uma forma segura e rápida para a remoção de pelos. As sessões, em geral, são curtas e a relação custo-benefício, se comparada aos gastos com depilação com cera quente ou com aparelhos de barbear, pode ser interessante.

Cinco motivos para mudar o processo de depilação

1. Dê adeus aos pelos encravados
Esse é um problema que incomoda muitas pessoas. Além de ser incômodo, a parte estética também não é nada agradável. Com a depilação a laser, o aparelho emite uma série de flashes de luz visando a cicatrização do chamado folículo piloso e do vasinho que nutre o pelo. A duração da sessão vai variar de acordo com o número de áreas a serem tratadas.

2. Por ser mais duradouro
Algumas pessoas acham que a depilação a laser é definitiva, mas é importante lembrar que esse procedimento na verdade tem um efeito de longa duração e o tempo vai depender do seu metabolismo. Quando os pelos nascem novamente, voltam mais fracos e em quantidade reduzida.

3. Pele macia
O aspecto de pele saudável é um dos mais procurados pelas mulheres que recorrem a esse procedimento. A depilação a laser pode ser aplicada em qualquer parte do corpo, mas para que o resultado seja satisfatório é preciso seguir todas as recomendações profissionais.

4. Você economiza dinheiro
Outra vantagem da depilação a laser é que você acaba economizando dinheiro. Isso mesmo! Embora uma sessão seja mais cara que um pacote de lâminas de barbear ou que a remoção dos pelos com cera, o método é muito mais rentável a longo prazo. Só que durante e após o tratamento, você não precisará mais gastar nenhum dinheiro com cremes depilatórios, lâminas e sessões dolorosas que ferem a pele.

5. Indolor
Um fator que se destaca dentre as vantagens da depilação a laser é fato de não haver muita dor, como no caso da cera quente. É natural sentir um pouco de ardência no local,  principalmente nas primeiras aplicações há um pequeno desconforto. No decorrer do tratamento as sessões ficam progressivamente menos dolorosas à medida que os fios se tornam mais finos.

A intensidade do desconforto pode variar de acordo com a sensibilidade da pessoa, da área tratada (locais onde a cútis é mais fina doem mais) e da fase do ciclo menstrual das mulheres — geralmente, quanto mais próximo da menstruação, mais sensível a pele fica.

Equipamentos mais modernos têm uma tecnologia de refrigeração na ponteira por onde o laser é direcionado que ajuda a resfriar a área tratada e a diminuir a sensação de ardência. Dependendo da sensibilidade do cliente, é possível também amenizar o desconforto com a aplicação de pomadas anestésicas antes do procedimento.

Agora quero saber de vocês: qual é o processo de depilação utilizado?

Até o próximo post,

Renata Castanheira.

Gostou? Compartilha com as amigas!
por //

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *