ácidosSeja para amenizar manchas, rugas, espinhas… Não há como negar que o uso de ácidos é bastante versátil na rotina de cuidados com a pele e acaba sendo a opção nº 1 entre os pacientes nos consultórios.

Eles são famosos por fazerem uma esfoliação que ajuda a renovar as camadas da pele. Mas, afinal de contas para que serve cada tipo de ácido? Qual é o mais indicado para tratar os problemas cutâneos?

Qual é a função dos ácidos na pele?

A maioria dos ácidos tem função de renovação celular. A camada da pele é renovada naturalmente a cada 21 a 28 dias e essas substâncias ajudam a acelerar todo esse processo. Por isso, quando se aplica um ácido no rosto, ocorre uma descamação, o que significa que a pele passou por uma transformação mais rápida e não no seu ciclo habitual. Com esse processo, é possível clarear manchas na pele, estimular o colágeno, reduzir linhas finas e melhorar a textura.

Acne e oleosidade: os ácidos mais indicados para controlar as espinhas

Os ácidos salicílico e glicólico são os mais indicados para a pele oleosa e acneica. O tratamento com o uso dessas substâncias deve ser realizado por um período de, pelo menos, dois meses e acompanhado por um dermatologista.

É importante utilizar os ácidos à noite e após a limpeza da pele, aplicar uma camada fina, evitando o cantinho dos olhos e nariz. De manhã, é essencial lavar o rosto com um sabonete adequado para o seu tipo de pele e, em seguida, aplicar o filtro solar.

Manchas na pele: conheça os ácidos que ajudam no clareamento

Neste caso, o retinóico é o ácido mais indicado. O dermatologista também pode montar uma terapia combinada com ácidos e clareadores, de acordo com a necessidade de cada paciente. Essas substâncias devem ser usadas à noite, após a limpeza da pele, e de manhã antes do filtro solar – que deve ser reaplicado ao longo do dia.

Cicatrizes: veja a melhor solução para as marcas de acne

Os ácidos retinóico e salicílico tratam as cicatrizes de acne de forma mais superficial, melhorando a textura da pele e algumas manchas. Para uma terapia mais profunda, o seu dermatologista pode mesclar o uso desses ativos com procedimentos clínicos, como laser, dermoabrasão ou microagulhamento. A especialista indica o ácido mais apropriado para cada situação:

Cicatriz de acne com manchas: ácido retinóico.

Cicatriz de acne associada a poros abertos: ácido glicólico.

Rugas e flacidez: ácidos para a pele madura e envelhecimento precoce

Quer amenizar as rugas e aquele aspecto flácido no rosto? Os ativos indicados são: ácido hialurônico, glicólico e retinóico. Essas substâncias já podem ser encontradas em muitos produtos de skincare – como cremes e séruns. Também podemos incluir a vitamina C junto com algum deles em sua fórmula, que pode ser usado de manhã antes de aplicar o filtro solar, para auxiliar na proteção dos raios solares e no tratamento de rugas.

Gostou? Compartilha com as amigas!
por //

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *