Você tem pele oleosa? Não se engane pelo excesso de brilho que existe no seu rosto: muitas vezes, a oleosidade ajuda a disfarçar outro problema bastante comum desse tipo de pele, a desidratação. Isso mesmo! Só porque a região é oleosa não significa que ela está hidratada – às vezes, a alta produção de sebo expressa a falta de água na camada cutânea.

Saiba como resolver esse problema na sua rotina de skincare!

A pele oleosa também pode ficar desidratada? 

Existe uma grande diferença entre oleosidade e hidratação: para a pele ser hidratada isso vai depender de uma série de fatores, como a ingestão de água, a integridade da barreira cutânea, a umidade do ar… Isso significa que, independentemente das características, todos os tipos de pele podem apresentar sinais de desidratação, até mesmo as mais oleosas. Por outro lado, a oleosidade tem função umectante e de proteção da pele.

Escolha um produto que limpa a pele sem remover a hidratação

Para ter a pele saudável, evitar o excesso de oleosidade e a desidratação, basta escolher um gel de limpeza que ajude a equilibrar esses dois pilares no rosto. É importante que o produto tenha uma função adstringente que remova o acúmulo de sebo e resíduos sem agredir a pele, mas que também possua ativos hidratantes em sua fórmula, como ceramidas e o ácido hialurônico – que ajuda a reter água -, para evitar o ressecamento do rosto. Com esse dermocosmético, você vai garantir o resultado perfeito!

Depois de lavar, não deixe de hidratar a pele

Você sabia que, além da higiene, a pele oleosa também precisa de um bom hidratante? Por mais que o gel limpeza tenha todos esses ativos que ajudam a nutrir a camada cutânea, seu rosto necessita desse cuidado para evitar o efeito rebote da oleosidade – aumento de produção de sebo que ocorre justamente quando o removemos. Sem falar que com a hidratação, a pele fica mais bonita e saudável!

Gostou? Compartilha com as amigas!
por //

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *