A tendência da "moda dopamina" vem aí

Contra o baixo-astral da pandemia, a vez é dos modelos coloridos e com mensagens positivas, criados para provocar sensação de bem-estar. Estamos falando da moda dopamina!

Para quem não sabe, a dopamina é um neurotransmissor da família das catecolaminas. Também fazem parte desse grupo a noradrenalina e a adrenalina. Os neurotransmissores dessa família atuam no sistema nervoso central, modulando as funções de neurotransmissão relacionadas, por exemplo, às emoções.

Tudo bem, mas o que um neurotransmissor tem a ver com moda e as tendências do ano? Em 2017, foi realizado um estudo publicado pelo European Journal of Social Psychology que buscava provar se as roupas poderiam ou não ter uma relação direta com nossa autoconfiança. Pesquisadores dividiram 180 estudantes universitários em grupos que vestiam camisetas azuis e vermelhas, e esses deveriam se dar notas sobre o quão atraentes eles se sentiam. Os que usavam roupa vermelha tiveram pontuações mais altas.

moda dopamina

Essa tendência não é só sobre camisetas vermelhas não, tá? Na verdade, a ‘moda dopamina’ é sobre peças que ajudam a impulsionar o humor de nós, consumidores.

A tendência foi ainda mais impulsionada depois da chegada do verão nos EUA, junto com a flexibilização das restrições da pandemia e a volta da possibilidade de fazer viagens. De acordo com a McKinsey, — gigante americana de assessoria e estratégia — globalmente, mais de 50% dos consumidores planejam “se mimar” em 2021.

Portanto, prepare seu tricô, suas estampas mais divertidas, cores neon, bijux coloridas e se jogue na trend. A editora de mercado sênior do Net-a-Porter, Libby Page, declarou que estão consumindo cor em todas as categorias. Ela diz que, com o fim das restrições, consumidores estarão em busca de uma moda cada vez mais empolgante e otimista.

Dopamina em ascensão

tendencia dopamina

O sucesso da dobradinha moda e bem-estar pode ser visto nas passarelas na forma de um sublime vestido pink Valentino apresentado na coleção primavera-verão 2021 ou no amarelo iluminado do vestido que a atriz Zendaya usou na cerimônia do Oscar 2021. No Brasil, poucas pessoas exemplificam tão bem a tendência quanto a apresentadora Sabrina Sato. “A moda ajuda a trazer a alegria e o humor mesmo nestes momentos de medo e insegurança”, diz. Sabrina também aposta nessa linha ao montar os looks de sua filha Zoe, de apenas 2 aninhos.

Vivemos um trauma mundial e a moda pode ser libertadora. Por fim, é interessante colocar um pouco da moda dopamina no seu guarda-roupa. Eu já comecei e não pretendo parar tão cedo!

Até o próximo post,

Renata Castanheira.

Escreva um Comentário